30/03/10

ALENTO DA INSÂNIA - O ELUCIDATIVO





1.
Quem acende a lâmpada do inabalável - a luz do nada -
Permanece no alento da insânia - a lonjura - o elucidativo -
Sobre a demência da pintura - retoma a voz do irrecusável ? -


2.
Quem irrompe pelo exausto - o furtivo - o irreversível corpo -
Na tela - junto ao cavalete - celebra a intransponível - sombra -
O que se desdiz no apelo lácteo - a música - a arte do inabitual ? -


3.
Sobre a desaparição - o fulgor do branco - o que se apressa no hábil -
Resvala na loucura - o traço adicional - a geometria do inesperado -
O surgir do abrupto - a claridade - onde transpões a labareda do hostil -


alexandre teixeira mendes