01/04/10

ANTONIN ARTAUD




Porque náusea - gerânios e escombros de alma - aresta facetada -
Mutação da dor - o delírio - sobre o cérebro – porta giratória –
Desfiguração - caos estomacal - poema inconcebível - transe -
Diz: porque pulsos expectantes - opacidade - lanterna obtusa 
Máscara petrificada - chama intacta - ressequida - osso indelevel-
Diz: porque inconsistência – lucidez - inaplacável desespero -
Ou asfixia - pesa-nervos – voz de pedra - humanidade morta - rodez -
Diz: porque o inexorável - negro céu - o demónio eloquente? -


2.
Porque o inescrutável – a conversão - o poema lúcido - a dose de peyotl -
Diz: porque o cataclismo – o corpo voraz - paralítico - a cura - o pedestinado passamento -
Ou voz do impróprio - a unânime morada do inflamável - as instruções do naturalismo mágico -
Porque a ressonância - dos tarahumaras – a fulgurância das vastidões vazias –
Diz: porque a bruxaria fisiológica – o rastejar – na lava – o inominado? - 



alexandre teixeira mendes