13/04/10

tela preta, som cardíaco




quantos pássaros?
quantos você conseguir imaginar.
Hitchcock?
por aí.
e o que faremos?
algo que contrarie o consenso geral de defesa.
mas não é perigoso?
sempre é.

silêncio, tela preta
ideogramas brancos
cruzam a tela da direita para esquerda
abaixo, a legenda no sentido contrário:
andamos sobre o risco que se apaga
à medida que avançamos,
recuamos e caímos no abismo da memória.

faz quanto tempo?
o que?
que saímos de onde estávamos.
não sei,
é impossível contar o tempo em situações de desespero.
e por que estamos tão desesperados,
se eu olho pra trás e não vejo nada?
porque no nada sempre, a iminência D.

tela preta, som cardíaco
um único pássaro surge
lentamente sua imagem se fixa
pousado, observa.


camila vardarac