11/12/10

Raquel Lanseros no Porto


Ajaenada à andalusa. Raquel Lanseros estará no próximo sábado no Porto para apresentar o seu livro Croniria. Croniria é um repasto de não-domação, de recusa do doméstico, de aproximação à liberdade primeva e irmanação quântica com os espíritos inscritos em água e falésia.
Entoura-lhe o redondo a volatilidade do trânsito. A sua "avis canora" interroga sem explícito, badala nos ares o transporte e os encontros aéreos sem nunca os querer aprisionar em nuvem, em cadáver do momento passado, em trauma escuro cuja catarse troveje sobre cidreiras, camomilas e hipericões gerados na lúcida ausência de caminho com que vieram ao mundo, apenas por desejo de sol, num acesso de saudade selvagem sem rosto inquinatório.

Alguns dos seus poemas podem ser lidos em edição bilingue Aqui. Tais poemas terão versões orais no original pela boca de Raquel Lanseros (em castelhano) e Ana Almeida Santos, Luis Beirão, Li Viana, Carlos Vinagre, Pedro Monteiro, Suzana Guimaraens (em português). 
Este Acto constitui-se como o último episódio de 2010 do ciclo Estourar A Caixa Antiga